Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE

Cidades

O Cidades é uma ferramenta para se obter informações sobre todos os municípios do Brasil num mesmo lugar. Aqui são encontrados gráficos, tabelas, históricos e mapas que traçam um perfil completo de cada uma das cidades brasileiras.

Gentílico: pesqueirense

Histórico

Data do século XVIII o desbravamento da região na aldeia do Ararobá, onde as incursões dos portugueses encontraram os índios xucurus, da nação dos tapuias, que habitavam a extensa serra do Ororubá ou Urubá, e os paratiós, espalhados pelos contrafortes da mesma serra. Para o trabalho de catequese, os jesuítas construíram um convento e uma capela em Ararobá.
Em 1762, a aldeia Ararobá foi elevada à vila e sede do município, com a denominação de Cimbres. Em 1836, a sede foi transferida para a povoação de Santa Águeda de Pesqueira, que se originou na Fazenda do Poço de Pesqueira ou do Pesqueiro, fundada pelo capitão-mor Manoel José de Siqueira, em 1800. Em 1893, instalou-se o município com o nome de Pesqueira. A partir de 1898, com a instalação das indústrias de doces, o município experimentou grande surto de progresso.

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Cimbres pela Lei Provincial n.º 966, de 25-07-1870, pela Lei Municipal n.º 1, de 25-11-1892, e pela Lei Municipal de 04-03-1893.
Elevado à categoria de vila com a denominação de Cimbre por Alvará de 03-04-1762. A Lei n.º 20, de 13-05-1836, transfere a sede da povoação de Cimbre para a de Santa Agueda de Pesqueira.
Elevado à condição de cidade e sede do município com a denominação de Pesqueira, pela Lei n.º 1.484, de 20-04-1880. Instalado em 03-08-1893.
Pela Lei Provincial n.º 1.230, de 24-04-1876, é criado o distrito de Poção e anexado ao município de Pesqueira.
Pela Lei Provincial n.º 1.408, de 12-05-1879, é criado o distrito de Alagoinha e anexado ao município de Pesqueira.
Pela Lei Municipal n.º 1, de 25-11-1892, é criado o distrito de Salôbro e anexado ao município de Pesqueira.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1911 o município é constituído de 5 distritos: Pesqueira, Alagoinha, Cimbres, Poção e Salôbro.
Pela Lei Municipal n.º 18, de 12-11-1912, foram criados os distritos de Sanharó e Rio Branco e anexados ao município de Pesqueira.
Nos quadros de apuração do Recenseamento Geral de 1-IX-1920 o município é constituído de 7 distritos: Pesqueira, Alagoinhas, Cimbres, Poção, Salôbro, Sanharó e Rio Branco.
A Lei Estadual n.º 1.931, de 11-09-1928, desmembra do município de Pesqueira o distrito de Rio Branco, elevado à categoria de município.
Pela Lei Municipal n.º 142, de 30-11-1928, é criado o distrito de Mimoso e anexado ao município de Pesqueira.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933 o município é constituído de 7 distritos: Pesqueira, Alagoinhas, Poção, Cimbres, Mimoso, Salôbro e Sanharó.
Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937.
Pelo Decreto-lei Estadual n.º 235, de 09-12-1938, o distrito de Mimoso passou a denominar-se Arcoverde. Pelo mesmo decreto é criado o distrito de Jenipapo, com território desmembrado do distrito de Poção, e anexado ao município de Pesqueira.
No quadro fixado para vigorar no período de 1939 a 1943 o município é constituído de 8 distritos: Pesqueira, Alagoinha, Arcoverde, Cimbres, Jenipapo, Poção, Salôbro e Sanharó.
Pelo Decreto-lei Estadual n.º 952, de 31-12-1943, o distrito de Arcoverde voltou a denominar-se Mimoso.
A Lei Estadual n.º 375, de 24-12-1948, desmembra do município de Pesqueira os distritos Salôbro e Jenipapo, para constituírem o novo município de Sanharó.
A Lei Estadual n.º 421, de 31-12-1948, desmembra do município de Pesqueira o distrito de Alagoinha, elevado à categoria de município.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1950 o município é constituído de 5 distritos: Pesqueira, Cimbres, Mimoso, Poção e Solôbro.
Pela Lei Municipal n.º 217, de 30-08-1952, é criado o distrito de Mutuca, com terras desmembradas do distrito de Poção e anexado ao município de Pesqueira.
A Lei Estadual n.º 1.818, de 29-12-1953, confirmado pela Lei Estadual n.º 1.819, de 30-12-1953, desmembra do município de Pesqueira o distrito de Poção, elevado à categoria de município.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1955 o município é constituído de 5 distritos: Pesqueira, Cimbres, Mimoso, Mutuca e Salôbro. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.
Pela Lei Municipal n.º 67, de 04-11-1967, é criado o distrito de Papagaio e anexado ao município de Pesqueira.
Em divisão territorial datada de 31-XII-1968 o município é constituído de 6 distritos: Pesqueira, Cimbres, Mimoso, Mutuca, Papagaio e Solôbro. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2015.

Fonte

Pesqueira (PE). In: ENCICLOPÉDIA dos municípios brasileiros. Rio de Janeiro: IBGE, 1958. v. 18. p. 210-213. Disponível em: http://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv27295_18.pdf. Acesso em: jan. 2016.


© 2016 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística